Quanto custa hospedagem em Praga: Airbnb, Hotel ou Hostel?

Há pouco tempo nós publicamos um post com dicas de qual hospedagem escolher em Amsterdã. Como estamos com viagem marcada para a cidade, fizemos a pesquisa dos valores de diversos tipos de hospedagem e acabamos divulgando para ajudar quem também está indo para lá. Agora colocamos nossa mira sobre Praga, na República Tcheca, que também visitaremos.

Por sorte, os preços de hospedagem eram bem mais baixos do que aqueles praticados em Amsterdã. \o/

Abaixo, nós mostramos mais ou menos quanto você deveria esperar gastar com cada tipo de hospedagem: quarto ou apartamento inteiro no Airbnb, hotel ou hostel. Vale lembrar que os preços abaixo são só uma amostra dos valores que encontramos e podem variar dependendo do tipo de acomodação, da época escolhida e também da antecedência com que a viagem é reservada. #FicaDica

Hospedagem em Praga: Airbnb

Em Praga, optamos por reservar um apartamento inteiro numa região central da cidade. A gente ama se hospedar pelo Airbnb porque é uma forma de ter uma experiência mais próxima da vida local ao mesmo tempo em que aproveitamos uma internet de qualidade, o que ainda é beeem difícil de encontrar em hotéis ou hostels pelo mundo. 🙁

Vale avisar que os valores abaixo não incluem as taxas de reserva cobradas pelo Airbnb e eventuais taxas de limpeza que podem ser adicionadas ao final da reserva, ok?

⇒ Quarto em casa compartilhada: Os quartos mais baratos costumam variar entre € 20 e € 30 (R$ 70 a R$ 110) para duas pessoas, tanto reservando por noite quanto semanalmente. Em compensação, reservas mensais costumam oferecer descontos maiores.

⇒ Apartamento inteiro: Entre os apartamentos mais baratos que encontramos com capacidade para duas pessoas, os preços começam entre € 30 e € 45 (R$ 110 a R$ 165) tanto reservando por noite quanto por semana. Novamente, os preços mensais costumam ter descontos interessantes na plataforma, então é bom ficar de olho nessa possibilidade! 😉

∴ Ganhe R$ 85 em sua primeira reserva pelo Airbnb ∴

Quando optar pelo Hotel

A acomodação mais econômica que encontramos no Booking foi o Apartments Kaprova, que saía por R$ 163 nas datas pesquisadas e, apesar do nome sugerir que é um apê, é um hotel mesmo. O chato é que, apesar de baratex, o quarto tem banheiro compartilhado… Ou seja, não é para todo mundo.

Mas não desanima: pagando um pouquinho mais você já conquista a privacidade! Por R$ 214, dá para reservar um quarto duplo com café da manhã incluído e banheiro privado no The Golden Horse House. Perfeito para quem quer viajar com um pouco mais de conforto 🙂

∴ Pesquise hotéis em Praga no Booking ∴

Hostel vale a pena?

Se você quer economia, reservar uma cama em quarto compartilhado costuma ser imbatível! 🙂

Na data pesquisada, era possível reservar uma cama em dormitório misto por R$ 36 no Little Quarter Hostel em um dormitório com 8 camas. Outras opções bastante econômicas eram o Art Hole Hostel, que sai por R$ 38 a cama com café da manhã (lado chato: quarto para 16 pessoas); e o Arpacay Backpackers Hostel, com um preço de R$ 43 por cama em dormitório misto.

∴ Reserve um hostel em Praga pelo Booking ∴

Hospedagem em Praga: qual escolher?

Então, se você quer economizar, a melhor dica é alugar um quarto em uma casa do Airbnb ou reservar camas em dormitórios compartilhados nos hostels da cidade. Os preços para duas pessoas são bem similares nas duas acomodações, mas o hostel sempre sai mais barato caso você viaje sozinho. :mrgreen:

No quesito conforto, o apartamento inteiro alugado pelo Airbnb acaba saindo mais em conta do que a reserva de um quarto de hotel – e você ainda pode economizar cozinhando em casa. A nossa escolha foi o aluguel de um apartamento completo no Airbnb (R$ 113 por noite para duas pessoas).

Para comparar, analisamos apenas as hospedagens que possuíam nota acima de oito no Booking (hotéis e hostels) e propriedades com comentários que tenham avaliação de 4 estrelas ou mais no Airbnb. Todos os valores apresentados são por noite para duas pessoas em hospedagens localizadas no centro ou outras regiões turísticas da cidade.

Este post contém links para parceiros comerciais do blog, que foram inseridos espontaneamente pela autora. Ao reservar serviços através destes links, nós ganhamos uma pequena porcentagem – e você não paga nada a mais por isso! 😉

Nota: os valores apresentados são referentes a uma pesquisa realizada em agosto para hospedagem em outubro de 2016 e podem sofrer alterações a qualquer momento. A título de esclarecimento, a data usada para simulação de hospedagem de uma noite foi do dia 13 a 14 de outubro (quinta-feira). 

Foto CC Ryan Lum


Planeje sua viagem

Os links abaixo pertencem a parceiros comerciais do blog e foram inseridos espontaneamente pela autora. Ao reservar serviços através destes links, você ajuda o Quase Nômade a se manter em funcionamento, recebe nossa gratidão eterna e não paga nada a mais por isso! ♥

✈️ Voe com a Latam ou viaje com a KLM

🏨 Reserve seu hotel com o Booking

🚗 Alugue um carro com a Rentcars

💉 Faça o seguro viagem com a Seguros Promo ⇒ use o código NOMADE5 e ganhe 5% de desconto


⇒ Onde ficar em Praga: confira as dicas de hospedagem dos blogueiros

⇒ Bares para curtir a vida noturna de Praga como um local

⇒ Onde comer em Praga: restaurantes e cafés que nós amamos

⇒ Transporte público em Praga: como comprar passagens e chegar aos principais pontos turísticos

⇒ Seguro viagem internacional: é seguro viajar sem um?

Depois de me formar em comunicação, passei um tempo morando na Argentina, Irlanda e na Romênia. Foi morando cada vez menos que esqueci o significado da palavra e hoje mantenho a capital gaúcha como sede dessa vida quase nômade.

Comenta aí, vai! :D