Guia definitivo das praias de Morro de São Paulo: como escolher onde ficar

As praias de Morro de São Paulo são recheadas de uma daquelas belezas difíceis de negar. Tem pedras, ilhas, morros, corais e uma paisagem que muda conforme a maré…  Mas se essa beleza do litoral baiano é quase unanimidade entre os visitantes, as melhores praias para se hospedar por lá não são consenso. Pousadas, hotéis e casas para alugar pipocam a cada canto, mas como escolher a melhor praia para curtir Morro?

Em primeiro lugar, isso vai depender em grande parte do que você quiser fazer por lá. Pois é, não existe uma resposta única para todos os viajantes. Embora a maioria vá se beneficiar bastante escolhendo uma hospedagem na Primeira ou na Segunda Praia, por exemplo, dá para curtir muito a viagem mesmo ficando em outras regiões. Nós estivemos hospedados na Terceira Praia, na pousada Bahia Inn (confere o review aqui!) e adoramos a localização. ♥

Com base nessa experiência, elaboramos um guia das principais praias de Morro de São Paulo. Mas, antes de chegar nessa parte, espia só um resumão do que fizemos durante 8 dias na Bahia – e aproveita para curtir nossa página do Facebook porque tem muito mais novidades por lá! 😉

Guia definitivo das praias de Morro de São Paulo

Na hora de decidir onde ficar, é bom mentalizar uma coisa: Morro de São Paulo não é Londres, gente! Não tem transporte público por lá – nem ruim, nem bom, simplesmente não existe mesmo! ¯\_(ツ)_/¯

Ok, até existe a opção do “receptivo”, sobre a qual vamos falar láaaa embaixo, mas nem espere que ele cumpra o papel de um transporte público normal, porque não funciona assim. É claro que a ilha é pequena e dá sim para ir a pé para qualquer canto, mas isso depende da sua disposição, quantidade de bagagem e também do estilo de viagem ao qual você se propõe.

Foi aí que eu pensei que seria legal encontrar um guia que contemplasse os prós e os contras de cada uma das praias de Morro de São Paulo. E aqui estou eu escrevendo esse guia para vocês. 😀

Antes de começar, a primeira informação que você precisa saber é que as praias de Morro são nomeadas por números: Primeira Praia, Segunda Praia e aí por diante… Quanto menor o número, mais perto da vila e do porto em que o catamarã desembarca para aqueles que vem de Salvador. Então vamos conhecer cada uma dessas praias?

Primeira Praia: praticidade

A maioria dos turistas cai na Primeira Praia de Morro de São Paulo ao descer da Tirolesa. É ali que a aventura termina, após uma descida de 70 metros de altura e 350m de extensão.

A Primeira Praia é também a mais curtinha delas e tem a melhor vista para o Farol do Morro de São Paulo, cartão-postal indiscutível do destino. Como fica na extensão da vila, ela é boa para quem gosta de estar mais próximo das facilidades oferecidas por ali, como farmácias, supermercados, lojinhas, agências de turismo e restaurantes (em geral mais baratos do que encontrados nas praias). É também a praia mais perto do posto de saúde e do posto de polícia.

Vista do alto do Morro de São Paulo - Bahia

Além de tudo isso, a Primeira Praia fica pertinho do porto, sendo interessante para quem não quer contratar um dos carregadores de malas (eles cobram em média R$ 10-R$ 20 por mala), mas também não quer atravessar Morro de São Paulo inteiro com a bagagem a tiracolo, como eu fiz na chegada. Ou seja, acaba sendo uma boa opção de hospedagem para quem busca praticidade, por estar entre a comodidade da Vila e o agito da Segunda Praia.

Desvantagens: fica mais afastada das piscinas naturais e dos passeios de barco, que saem da Terceira Praia.

Segunda Praia: badalação

Repleta de bares e restaurantes, a Segunda Praia funciona como um ponto de encontro noturno em Morro de São Paulo. É também lá que acontece um luau às segundas e quintas-feiras, reunindo visitantes de todas as partes do mundo em uma festa na areia.

Por esse motivo, é importante ficar de olho na estrutura do hotel ou pousada escolhidos, pois muitos ficam localizados praticamente dentro dos bares – e as chances de você conseguir dormir são reduzidas a praticamente zero.

É claro que tem quem vá para Morro justamente para curtir a noite e, nesse caso, a Segunda Praia vai ser a opção perfeita. Basta sair da pousada e escolher em qual dos bares ir – na maioria dos dias, o Sambass, que possui sua própria pousada, é um dos mais animados.

Vista da Ilha da Saudade - Morro de São Paulo

Também tem várias lojas e mercadinhos na Segunda Praia, que fica a uma curta distância da vila. São menos de cinco minutos de caminhada. Na verdade, acaba sendo uma boa localização para se locomover para praticamente qualquer lugar de Morro de São Paulo – você vai estar a cerca de 20 minutos de praticamente qualquer atração.

O lado negativo, além do barulho, é o fato de que a beira da Segunda Praia tem uma espécie de caminho dos restaurantes em que os vendedores costumam atacar qualquer potencial cliente. É “dose dupla de caipirinha” em um, “lagosta na promoção” em outro e a passagem por lá acaba se tornando um pequeno suplício na tentativa de evitar os vendedores.

Praias de Morro de São Paulo - Bahia

Durante o dia, a areia é tomada por guarda-sóis e espreguiçadeiras dos bares da praia, enquanto alguns visitantes aproveitam para jogar voleibol na areia. Localizada entre a vista do Farol do Morro e da Ilha da Saudade, a praia tem também uma das vistas mais bonitas de Morro de São Paulo.

Desvantagem: Barulho e agito a qualquer hora do dia podem atrapalhar quem viaja pensando em descansar.

Terceira Praia: equilíbrio

Como falamos acima, nós nos hospedamos na Terceira Praia, no hotel Bahia Inn. Apesar de ficar a cinco minutos do agito da Segunda Praia, a Terceira é bem mais sossegada e tem menos opções de bares e restaurantes, embora existam sim alguns neste lado da ilha.

Guia de praias de Morro de São Paulo

Graças a essa mistura, dá para mesclar dias mais sossegados com outros em que você prefira cair na farra! Além de tudo, a Terceira Praia é considerada um dos melhores pontos de mergulho da ilha.

Outro ponto legal de ficar na Terceira Praia é que, apesar de contar com opções de hospedagem mais acessíveis, ela fica bem próxima das piscinas naturais, que podem ser alcançadas após uma caminhada de cerca de 10 minutos pela orla caso a maré esteja baixa – em horários de maré alta, o caminho se torna mais complicado e pode ser preciso caminhar um pouco dentro da água, embora ainda seja possível fazer o trajeto sem problemas.

Um lugar que parecia lindo de se hospedar, mas que infelizmente não coube no nosso bolso, é a Pousada Minha Louca Paixão. Confesso que passávamos por ali todos os dias com aquela pontinha de inveja branca de quem estava hospedado no local. 😛

Além disso, a maior parte dos tours em barco sai dessa parte de Morro. Também fomos informados de que é lá que fica a pista de voo da empresa Addey, o que pode ser uma vantagem para quem chega à ilha por este meio.

Praias de Morro de SP

Um dos pontos importantes a se observar para quem fica hospedado na Terceira Praia é que nem todas as pousadas ficam na orla. Muitas delas estão na rua paralela à praia – e, graças a isso, acabam sendo mais econômicas. Porém, o curto caminho entre a praia e as pousadas pode ser bastante escuro e não muito movimentado, principalmente durante a baixa temporada, embora os moradores locais garantam que não há problemas com a segurança.

Desvantagens: Ruas escuras à noite e, por ser mais afastado do porto, pode ser uma localização complicada para quem viaja com muita bagagem.

Quarta Praia: sossego

É na Quarta Praia de Morro de São Paulo que ficam as piscinas naturais, cheias de peixinhos coloridos. 🐠 Posso jurar que vi o Nemo nadando entre os meus pés, gente! 😛

Passando um pouco a área em que se encontram as piscinas, é possível realizar passeios em charrete com condutores locais para conhecer mais da ilha. Além desse transporte peculiar, geralmente usado para conhecer a Praia do Encanto (falamos dela ali embaixo), os hotéis costumam oferecer aos hóspedes um transporte até as outras praias, para facilitar a locomoção, é o chamado Receptivo que sai da rua paralela à orla.

Cavalo andando na Quarta Praia em Morro de SP

A região também é bem menos habitada do que as praias anteriores e tem alguns poucos bares e restaurantes na orla.  Por ser mais afastada, a maior parte dos hotéis localizados nesta parte contam também com maior infraestrutura, incluindo alguns resorts mais sofisticados. Pode ser uma boa localização para quem viaja em família e busca um lugar tranquilo para ficar, sem o isolamento da Praia do Encanto.

Desvantagens: dificuldade de locomoção, fazendo que com os hóspedes fiquem muitas vezes dependentes do receptivo; além de menos opções gastronômicas.

Praia do Encanto: tranquilidade total

Também apelidada pelos turistas de Quinta Praia, ela fica logo após a Quarta Praia (Há!). Mais isolada, ela não costuma ser tão procurada por turistas, embora existam alguns poucos hotéis espalhados por sua extensão, em geral mais sofisticados (e mais caros! 😛 ) do que os das praias vizinhas. Os restaurantes costumam ser os dos próprios hotéis e não há muito nada para fazer à noite por lá. É também a praia mais preservada de Morro.

Quando estivemos em Morro de São Paulo, a equipe do nosso hotel nos recomendou não caminhar para os lados da Praia do Encanto, exceto se fôssemos em grandes grupos. Segundo contaram, algumas vezes acontecem assaltos a turistas nessa região, o que não se repete em outras áreas da ilha.

É também na Praia do Encanto que fica a pista de pouso da empresa Aerostar, fazendo com que a localização seja uma boa opção para aqueles que chegam à ilha nos aviões da empresa – eles também oferecem condução até as outras praias e a vila para os viajantes que pretendem se hospedar em outras localidades.

Panorama da praia de Morro de SP

Ficar na Vila ou nas praias de Morro de São Paulo?

Tudo bem que a parte da Vila não faz parte das praias de Morro de São Paulo. Mesmo assim, ela não poderia ficar de fora desse guia.

A Vila deve sim ser considerada como uma opção de hospedagem em Morro, principalmente para aqueles viajantes que querem economizar enquanto estiverem no destino. Isso porque não apenas os hotéis e pousadas costumam ser mais baratos nessa parte da ilha, como os restaurantes e bares também oferecem preços mais em conta.

Segundo a estimativa (nada precisa, diga-se de passagem) do Data Nômade, a economia de ficar nessa parte de Morro pode chegar a uns 30%. Além de tudo, você não vai precisar gastar com os carregadores de malas e fica mais próximo do Farol do Morro, da Tirolesa e da Toca do Morcego.

Desvantagens: distância de algumas atrações, como as piscinas naturais ou os passeios que saem da Terceira Praia, e a ausência da vista que outras regiões oferecem.

Vila de Morro de São Paulo


Planeje sua viagem

Os links abaixo pertencem a parceiros comerciais do blog e foram inseridos espontaneamente pela autora. Ao reservar serviços através destes links, você ajuda o Quase Nômade a se manter em funcionamento, recebe nossa gratidão eterna e não paga nada a mais por isso! ♥

✈️ Viaje com a Azul

🏨 Reserve seu hotel com o Booking

💉 Faça o seguro viagem com a Seguros Promo ⇒ use o código NOMADE5 e ganhe 5% de desconto


⇒ Catamarã entre Salvador e Morro de São Paulo: veja todos os detalhes dessa viagem

⇒ Como é ficar na pousada Bahia Inn, na Terceira Praia de Morro de São Paulo

⇒ Roteiro perfeito para um dia em Salvador da Bahia

⇒ Como encontrar passagens aéreas baratas

⇒ 5 maneiras de encontrar hospedagem grátis em sua próxima viagem

Apaixonada por contar histórias, trabalha com conteúdo desde 2010. Depois de passar quase três anos morando no exterior, percebeu que poderia carimbar o passaporte mais vezes caso trabalhasse remotamente. Hoje vive em Porto Alegre, onde nasceu, e não precisa mais pedir folga para viajar. Também escreve para os sites Hypeness e Quanto Custa Viajar.

Deixe seu comentário <3

*

1 comment

  1. Pingback: Hotel em Vila Velha: conheça o Champagnat Praia Hotel