Um passeio pela estrada Transfăgărășan, na Transilvânia

Tenho tentado escrever sobre as viagens que estamos fazendo agora, até para não perder o “calor da hora”. Afinal, a gente geralmente esquece de muito do que rolou em viagens passadas. Mas resolvi escrever também um pouco sobre aquelas coisas que são tão legais, mas tão legais, que você acaba não esquecendo mesmo depois da viagem, como a nossa road trip pela estrada Transfăgărășan, na Transilvânia. ♥

Para quem não sabe, a Transilvânia fica na Romênia, num cantinho quase esquecido do leste europeu e é daquelas viagens que você P-R-E-C-I-S-A fazer de carro. Nós fizemos o mesmo trajeto de trem em outra viagem e, apesar de ser legal, não teve metade da graça. Você pode alugar um carro em Bucareste pagando a reserva em reais e seguir de lá com destino à Transfăgărășan.

Geralmente também é bom ter um destino no final, como em qualquer viagem… A gente escolheu a cidade de Sibiu, porque era mais longe de Bucareste, onde estávamos morando, mas poderia muito bem ter sido Braşov, que também visitamos e fica no caminho.

Estrada Transfagarasan - Transilvânia - Romênia

Um pedacinho da estrada coisamaislindadavida <3

O foco da viagem era conhecer a famosa Transfăgărășan, uma estrada construída como rota militar estratégica entre os anos de 1970 e 1974. Cerca de 40 pessoas morreram durante a construção, feita por ordem do ditador Nicolae Ceauşescu, que era conhecido por sua mania de grandeza.

Apesar da história trágica, a estrada conta com 90 quilômetros de puras curvas e algumas das paisagens mais incríveis do país, além de passar pelo verdadeiro Castelo do Drácula. Alugamos um carro e viajamos para lá em setembro, quando ainda era verão na Europa, pois no inverno a estrada fica fechada devido à neve.

Geralmente, a estrada está liberada para trânsito entre os meses de abril e outubro: depois disso chega a neve e saem os carros.

O passeio pela estrada Transfăgărășan

Sabe aquelas placas que indicam a possibilidade de encontrar animais na pista? Pois é, a gente não se lembra de ter visto nenhuma por lá, mas sim muitos animais. E quando eu falo em muitos, é muitos mesmo. Pela contagem que fizemos, tivemos que parar o carro duas vezes para rebanhos de ovelhas passarem, uma vez para um animado grupo de vacas e outra para alguns cavalos. Também achamos dois burros perdidos pelo caminho, misturados com outros animais.

O carro que alugamos sofreu inclusive alguns arranhões: as ovelhas passaram tão coladas no veículo que acabaram deixando suas marcas… Por sorte, tínhamos feito um seguro super-poderoso e não precisamos arcar com o prejuízo das ovelhinhas fofas.

Ovelhas na estrada Transfăgărășan

Fotinho tirada de dentro da janela do carro o_O

Comendo na Transilvânia

Como a velocidade na estrada gira em torno de 40 km/h por causa das curvas constantes, demoramos quase 5 horas para chegar a nosso destino (o ideal seriam umas 4 horas, mas paramos muito no caminho). Uma das paradas foi, obviamente, para comer. #gordinhafeelings

E foi lá que encontramos a melhor receita de polenta da vida: o Bulz (♥). É basicamente um bolo de polenta recheado com tudo que um ser humano tem direito e assado na grelha. Falando nisso, a Romênia é simplesmente o paraíso da polenta: peça Mămăligă ou Mamaliguta em qualquer restaurante para provar a receita de polenta romena.

Bulz, receita de polenta típica da Romênia

Foto via

Depois de conhecer e se apaixonar pelo Bulz, encontramos diversas barraquinhas de produtos típicos próximas a uma cachoeira. Tinha muito salame, queijo e uma espécie de pretzel local. Compramos um pouco de cada, sentamos numa pedra e enchemos a pancinha em um piquenique improvisado para continuar a viagem.

Tudo aprovadíssimo, é claro. Foi mais ou menos nesse momento que todos os cinco que estavam dentro do carro (quatro brazucas e um japonês) concordamos que aquele era o lugar mais incrível em que havíamos estado. Por unanimidade.


Planeje sua viagem para a Romênia

Os links abaixo pertencem a parceiros comerciais do blog e foram inseridos espontaneamente pela autora. Ao reservar serviços através destes links, você ajuda o Quase Nômade a se manter em funcionamento, recebe nossa gratidão eterna e não paga nada a mais por isso! ♥

✈️ Viaje com a KLM ou voe com a Latam

🏨 Reserve seu hotel com o Booking

🚗 Alugue um carro com a Rentcars

💉 Faça o seguro viagem com a Seguros Promo ⇒ use o código NOMADE5 e ganhe 5% de desconto


⇒ Como é conhecer o verdadeiro Castelo do Drácula, na Transilvânia

⇒ Por que viajar nos fez aprender a confiar mais nas pessoas

⇒ Seguro viagem internacional: é seguro viajar sem um?

⇒ Como encontrar passagens aéreas baratas para viajar

⇒ 5 maneiras de encontrar hospedagem grátis enquanto viaja

Apaixonada por contar histórias, trabalha com conteúdo desde 2010. Depois de passar quase três anos morando no exterior, percebeu que poderia carimbar o passaporte mais vezes caso trabalhasse remotamente. Hoje vive em Porto Alegre, onde nasceu, e não precisa mais pedir folga para viajar. Também escreve para os sites Hypeness e Quanto Custa Viajar.

Deixe seu comentário <3

*