O que fazer na Cidade do México: um roteiro pelos museus

Como era de se esperar de uma cidade com quase 9 milhões de habitantes, é fácil encontrar o que fazer na Cidade do México. Independente do tempo que você tenha planejado para ficar por lá, parece que sempre há algo a mais para conhecer. Tanto é que passamos 1 mês na capital mexicana e ainda voltamos com uma lista de coisas que não conseguimos visitar.

Para nós, um dos pontos mais interessantes foi a possibilidade de conhecer mais sobre o México através de sua cultura, visitando alguns dos muitos museus espalhados pela Cidade do México. Confesso que nos surpreendemos com a variedade de opções.

Estivemos em alguns dos museus mais conhecidos, mas fizemos questão de visitar também locais menos famosos – mas nem por isso menos interessantes – como o Museu da Memória e da Tolerância, sobre o qual falamos no final do post. Vem com a geste neste roteiro pelos museus da Cidade do México. 😉

Museu de Antropologia do México

Na primeira semana de viagem rolou até uma piada: “quem é que vai em um Museu de Antropologia“? A resposta: nós! Sim, praticamente todas as pessoas que encontramos no caminho nos disseram que o Museu de Antropologia da Cidade do México era imperdível, principalmente para quem busca conhecer mais sobre as civilizações pré-hispânicas que habitaram a região.

O que fazer na Cidade do México: Museu de Antropologia

Quando resolvemos ir até o museu, ainda achávamos que a ideia não era das melhores, mas topamos o passeio mesmo assim e só nos arrependemos de uma coisa: não ter reservado mais tempo para visitar todas as salas. A construção é enorme, repleta de várias salas dedicadas às diferentes culturas que habitaram a região.

Ficávamos em média meia hora em cada ambiente – o que é um pouco corrido se você quiser ver tudo direitinho – e só tivemos tempo de ver poucas salas. Se estiver correndo contra o relógio, veja primeiro as áreas referentes às civilizações maia, asteca (mexicas) e teotihuacana e deixe as outras para ir desbravando no que sobrar de tempo.

Horários: de terça a domingo, das 9h às 19h

Endereço: Av. Paseo de La Reforma S/N

Valor: 70 pesos mexicanos (cerca de R$ 12)

Duração da visita: sugerimos reservar de 2 a 4 horas

Clique para ver o site do museu

Museu Frida Kahlo

A artista mexicana mais conhecida do mundo nasceu e morreu na mesma charmosa casa azul, localizada no bairro de Coyoacán. Espere ver obras da artista e de seu marido, o muralista Diego Rivera. A visita também passa por alguns dos aposentos da casa conservados desde a época em que o casal viveu nela. Veja aqui as nossas dicas completas para aproveitar ao máximo o passeio.

Museus da Cidade do México

Horários: terças a domingos, das 10h às 17h30 – exceto nas quartas-feiras, quando o museu abre às 11h

Endereço: Londres, 247

Valor: 200 pesos (R$ 33) em dias de semana e 220 pesos (R$ 36) aos finais de semana

Duração da visita: cerca de 2 horas

Clique aqui para visitar o site do museu

Museu do Palácio de Belas Artes

Além de ser um edifício incrível e bem próximo ao Zócalo, o Palácio de Belas Artes costuma receber ótimas mostras. Infelizmente, não demos tanta sorte nesse sentido: quando visitamos o museu, as salas estavam fechadas para troca de exposição. Mesmo assim, é possível percorrer parte do palácio e apreciar alguns murais famosos – Diego Rivera e Orozco estão entre os artistas responsáveis pelas pinturas que você encontra nas paredes do palácio.

Palácio de Belas Artes da Cidade do México

Horários: terças a domingos, das 10h às 18h

Endereço: Avenida Juárez, esquina com Eje Central Lázaro Cádenas

Valor: 60 pesos (R$ 10) para visitar a exposição temporária + 60 pesos (R$ 10) para a permanente. Aos domingos a entrada é gratuita.

Duração da visita: entre 1 e 2 horas

Clique aqui para conferir o site do museu

O que fazer na Cidade do México:

Galeria do Palácio Nacional

O destaque por aqui são os famosos murais de Diego Rivera, que contam um pouco da história do México pré-hispânico até a chegada dos espanhóis. Por ser localizado junto ao Zócalo, é possível conciliar o passeio com outras atividades próximas.

Horários: terças a domingo, das 9h às 17h

Endereço: Plaza de la Constitución s/n

Entrada gratuita

Duração da visita: cerca de 1 hora

Galeria do Palácio Nacional - Cidade do México

Museu da Memória e da Tolerância

Como o próprio nome diz, é um museu dedicado à memória e à tolerância, sendo mais focado em arte contemporânea. Quando fomos, estava em cartaz a exposição Tierra de Esperanza, da Yoko Ono, que fez com que a visita valesse bastante a pena – mas, infelizmente, não está mais em cartaz. A dica é conferir a programação antes de aparecer por lá. O museu também conta com uma área voltada para as crianças, sendo uma boa alternativa para quem viaja com os pequenos.

Horários: terça a sexta, das 9h às 18h; sábados e domingos, das 10h às 19h

Endereço: Plaza Juárez

Valor: 75 pesos (R$ 12) ou 30 pesos (R$ 5) para visitar apenas a exposição temporária. A visita guiada tem um custo de 95 pesos (R$ 16). Estudantes, professores e idosos têm desconto no ingresso.

Duração da visita: cerca de 2 horas

Clique aqui para ver o site do museu

Nota: texto e valores publicados originalmente em abril de 2016 e atualizados em outubro de 2017. Ambos podem sofrer alterações a qualquer momento. Foto em destaque via.


Planeje sua viagem

Os links abaixo pertencem a parceiros comerciais do blog e foram inseridos espontaneamente pela autora. Ao reservar serviços através destes links, você ajuda o Quase Nômade a se manter em funcionamento, recebe nossa gratidão eterna e não paga nada a mais por isso! ♥

✈️ Viaje com a Latam

🏨 Reserve seu hotel com o Booking

🚗 Alugue um carro com a Rentcars

💉 Faça o seguro viagem com a Seguros Promo ⇒ use o código NOMADE5 e ganhe 5% de desconto


⇒ Roteiro completo de viagem pelo México com estimativa de gastos

⇒ Coisas que todo viajante deveria saber antes de ir para o México

⇒ Viajando pelo México: qual meio de transporte escolher para cada trajeto

⇒ Este roteiro inclui todas as principais atrações da Cidade do México

⇒ Um passeio pelo Museu Frida Kahlo na Cidade do México

⇒ Como curtir a Cidade do México quase de graça

⇒ Fomos conhecer Xochimilco, a tal “Veneza do México”

Apaixonada por contar histórias, trabalha com conteúdo desde 2010. Depois de passar quase três anos morando no exterior, percebeu que poderia carimbar o passaporte mais vezes caso trabalhasse remotamente. Hoje vive em Porto Alegre, onde nasceu, e não precisa mais pedir folga para viajar. Também escreve para os sites Hypeness e Quanto Custa Viajar.

Deixe seu comentário <3

*

2 comments

  1. Pingback: Esqueça o burrito: a comida mexicana que provamos no México